Desemprego é pedra de tropeço para que Roteiro alcance avanços e conquistas

Concurso público, salário do servidor em dia e insuficientes justificativas não farão milagres, e já estamos aos quarenta e nove do segundo tempo...

Por Marques Maciel 03/07/2019 - 07:56 hs
Desemprego é pedra de tropeço para que Roteiro alcance avanços e conquistas
Prefeitura de Roteiro

A prefeitura municipal de Roteiro através das mídias sociais, Facebook e Instagram, veio a público comunicar o pagamento do funcionalismo dando ênfase ao fato de estar efetuando-o dentro do mês trabalhado.

 

Ainda segundo a publicação, realizar o pagamento dentro do mês trabalhado é um compromisso firmado pela gestão do prefeito Wladimir Brito, já que o salário em dia valoriza os servidores e movimenta o comércio do município.

 

Nada contra pagar o servidor público em dia e muito menos no mês trabalhado, mas... 

 

 

Recentemente, a prefeitura de Roteiro lançou o projeto “Primeiro Emprego” que objetiva lançar jovens estudantes no mercado de trabalho local.

 

O tema já foi abordado nesta reles coluna pela matéria que tem por título “Internauta questiona e enquadra prefeito de Roteiro e a resposta é reveladora” (Confira a matéria na íntegra clicando aqui), e tratou sobre alguns pontos do projeto e do evento de seu lançamento. 

 

Grosso modo, a matéria tratou do fato de a quantidade de jovens presentes ao evento ser pequena em relação ao número de jovens desempregados no município, bem como da mensagem contida na resposta insuficiente e desconexa do prefeito, Wladimir Brito, diante do comentário de um internauta que tachou o projeto de eleitoreiro, pelo fato de ser lançado há pouco mais de um ano das eleições municipais e de que os jovens contemplados no projeto não teriam garantia de permanência no pós-resultado das eleições municipais.

 

A insuficiência e a desconexão da resposta trouxeram o óbvio: que há um certo oportunismo eleitoreiro no projeto, pois não há como negar que estamos muito próximos das eleições.

 

Já o lançamento do projeto trouxe o clarividente: o tamanho desemprego instalado no município e, mais ainda, que prefeito de Roteiro, Wladimir Brito, gastou mais de seis anos para descobrir esse fato notabilíssimo.

 

O concurso público realizado pela prefeitura do município, mesmo que não disponibilizasse as poucas e vergonhosas oitenta e nove (89) vagas distribuídas em pouquíssimos cargos e dirigidas ao público detentor de nível superior - tema abordado nesta humilde coluna pela matéria “Lesados pela inobservância da lei, professores manifestam insatisfação para com prefeito de Roteiro” -, em hipótese alguma, resolveria o colossal problema do desemprego em Roteiro.

 

Sem contar que dessas oitenta e nove vagas, menos da metade foi ocupada por cidadão do município.

 

Evidentemente, melhorar a qualidade dos serviços oferecidos à população tem seus méritos, contudo, isso não solucionaria o terrível problema do desemprego.

 

Uma outra matéria desta modesta coluna tratou da insatisfação de um cidadão roteirense perante os estragos causados pela chuva, que, segundo ele, originaram-se a partir do fato de haver obras simultâneas de saneamento em todas as ruas do município.

 

Veja mais: Insatisfeito com obras concomitantes de Saneamento, Morador de Roteiro rasga o verbo diante do estrago Causado pela Chuva.

 

 

A vereadora Cícera Silva, usou sua conta no Facebook para justificar o que chamou "transtornos momentâneos" e sugeriu que o povo roteirense pensasse nos "benefícios futuramente e na qualidade de vida que trará para a população". 

 

Que as obras de saneamento causam transtornos momentâneos e que os benefícios virão no futuro, isso é fato; a questão é que a publicação da vereadora está mais para resposta à matéria do que para satisfação para a população. 

 

Com vários aplausos nos comentários da publicação da vereadora, o prefeito Wladimir Brito corroborou com o sentimento de resposta e aproveitou o ensejo para manifestar sua dificuldade em lidar com o contraditório.

 

A assessoria de comunicação do prefeito também se manifestou e descreveu todos os "avanços e conquistas" do governo Wladimir Brito.

 

Ao que tudo indica, há uma visível dificuldade da gestão do prefeito Wladimir em encarar más notícias, ainda que procedentes.

 

Fato é que o prefeito de Roteiro e toda a sua comitiva precisa, urgentemente, encontrar formas de desenvolver o município através da geração de emprego no setor privado.

 

 

A propósito, muitas pessoas que trabalham nas obras de saneamento não residem no município, lamentavelmente.

 

Manter os salários dos próprios servidores em dia e proporcionar alguns empregos para jovens estudantes no setor público, não farão milagres; até porque nem todo jovem se enquadra no perfil do projeto e não se deve, por lei, sobrecarregar a máquina pública.

 

Gerar emprego é um desafio que o próximo prefeito terá de encarar, pois já estamos aos quarenta e nove do segundo tempo e o juiz está prestes a apontar para o centro do campo, ou seja, se em mais de seis anos o prefeito Wladimir não solucionou o terrível problema do desemprego que assola os roteirenses, em pouco mais de um ano é que não solucionará.

 

Sim, é verdade, pagar o funcionalismo em dia é uma atitude digna, nobre, nobríssima.

 

Mas, fazê-lo, é nada mais do que a obrigação.

 







Deixe seu Comentário