Governo do estado poderá bancar despesa de prefeitura de Roteiro

Prefeito de Roteiro terá oportunidade incrível.

Por Marques Maciel 09/07/2019 - 07:37 hs
Governo do estado poderá bancar despesa de prefeitura de Roteiro
reprodução

A Defensoria Pública é o órgão do estado que proporciona orientação jurídica aos cidadãos que não possuem condições financeiras de contratar um advogado.

 

É possível - viável e recomendável na maioria dos casos - ter acesso aos serviços de um bom advogado sem que isso traga qualquer custo financeiro.

 

É de graça, entendeu?

 

Criado em 2014 para atender aos cidadãos de municípios que não usufruem da presença física e diária de um defensor público, o programa “Expresso da Cidadania” é uma ação da Defensoria Pública do Estado de Alagoas.

 

Semanalmente, o “Expresso da Cidadania”, uma espécie de órgão governamental ambulante, conduzido por um ônibus, estabelece-se em dois (02) dos cento e dois (102) municípios alagoanos com o propósito de prestar serviços gratuitos na área jurídica à população.

 

O coordenador do programa, o defensor público Marcos Freire, concedeu entrevista ao programa televisivo “AL TV” e, segundo o coordenador, o programa “leva todo um serviço de orientação, informação e até mesmo de disponibilidade para ajuizar ações jurídicas em prol daquela população, daquela comunidade.”.

 

Entre os atendimentos estão: investigação de paternidade, pensão alimentícia, divórcio, retificação de registro público, usucapião etc.

 

Tudo isso é bom, muito bom.

 

O programa “Expresso Cidadania” é uma atitude louvável do governo do estado, louvabilíssima.

 

É digno de aplausos: palmas de pé para seu idealizador e para os envolvidos no programa.

 

Com a parceria da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA) junto à Defensoria Pública do Estado de Alagoas, e com o apoio da prefeitura municipal de Roteiro, o ônibus do programa estacionará em solo roteirense.

 

Sim, a bola da vez está com a pequenina Roteiro.

 

Hoje (09) e amanhã (10), os defensores públicos do programa desembarcarão na bela cidade do litoral sul alagoano.

 

Das 8h às 14h de terça e quarta-feira e de posse de toda a documentação necessária, os cidadãos roteirenses poderão usufruir dos serviços oferecidos pelo programa.

 

Ainda de acordo com o coordenador Marcos Freire, há a possibilidade de ajuizar denúncias. 

 

Sim, eu falei “denúncias”. 

 

Repete comigo, com sílabas separadas, por favor: DE - NÚN - CIAS.

 

Marcos Freire crava, categoricamente, que o programa não se limita às ações individuais, é possível também ajuizar ações coletivas que se refiram às falhas do serviço público.

 

Ah... Isso é muito bom, é boníssimo!

 

Os cidadãos roteirenses que tiverem suas queixas para com a administração do prefeito de Roteiro, Wladimir Brito, estarão com a oportunidade de externá-las e colocá-las em prática, oficialmente.

 

É chegada a hora de deixar o “disse me disse” cotidiano, é hora de denunciar pra valer.

 

O evento é de uma importância ímpar, todo e bom cidadão terá oportunidade de receber orientação jurídica, inclusive o próprio prefeito Wladimir, que, muito provavelmente, far-se-á presente ao evento.

 

Em matéria publicada nesta simplória coluna, professores aprovados no concurso público realizado pela prefeitura de Roteiro alegaram estar sendo lesados pela inobservância da lei por parte de Sua Excelência, o prefeito de Roteiro.

 

De acordo com os professores, a lista de espera não está sendo cumprida, isto é, há professores que não figuraram na lista de espera que estão ocupando os lugares que, por direito, deveriam ser seus.

 

O excelentíssimo prefeito, Wladimir Brito, não poderá, em hipótese alguma, justificar o não cumprimento da lei por falta de orientação jurídica. 

 

Se a procuradoria do município não tem auxiliado Sua Excelência na árdua tarefa da interpretação das leis ou não tem feito com proficiência, desta feita terá a oportunidade para receber instrução jurídica sob medida e, assim, cumprir o que determina a lei.

 

Se pretende, de fato e de verdade, estar de acordo com a Justiça, Wladimir Chaves de Brito, prefeito de Roteiro, estará com “a faca e o queijo nas mãos”.

 

Pois, se assim quiser e o fizer, o Governo do Estado, através da Defensoria Pública, bancará toda a despesa com excelentes advogados.

 

É uma riquíssima, raríssima, incredibilíssima oportunidade.

 

E, o melhor de tudo, é de graça. 

 







Deixe seu Comentário