Hospital Hélvio Auto, em Maceió, suspende atendimento na UTI para novos pacientes

Falta de medicamentos e insumos motivou a suspensão; de acordo com a Uncisal, processo de aquisição está em andamento

Por Edilane Almeida com Gazetaweb 26/01/2018 - 08:47 hs
Foto: Divulgação


Hospital Hélvio Auto suspendeu atendimento na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para novos pacientes nesta quinta-feira (25). A suspensão ocorreu devido a falta de medicamentos e materiais de insumo. Apenas os atendimentos de urgência estão sendo realizados. 

 

De acordo com os funcionários da unidade de saúde, os medicamentos estão em falta desde o mês de novembro do ano passado, mas neste mês a situação se agravou, impossibilitando o hospital de receber novos pacientes. 

 

O médico infectologista Gilberto Lima relatou que até o laboratório está trabalhando com dificuldade. "Um período faltou tubo de ensaio. Agora falta reagentes para alguns exames. Já na UTI não temos como verificar a situação da glicemia do paciente", disse o médico. 

 

Na UTI, cinco de sete leitos disponíveis estão ocupados. Já na internação masculina, são 31 vagas e 11 estão ocupadas. Na feminina,há 17 vagas e quatro estão ocupadas, e na pediatria, apenas dois de 15 leitos. 

 

Segundo a Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal), que é responsável pela unidade, os pacientes não atendidos pelo Hospital Hélvio Auto serão encaminhados para o Hospital Geral do Estado (HGE). 

 

A Uncisal informou ainda que os processos para aquisição dos medicamentos e insumos estão em andamento e devem chegar até a quarta-feira da semana que vem.