Trabalhador morre e outro desaparece em tubulação de esgoto na Jatiúca

Ambos faziam reparos em obra de esgotamento sanitário, na madrugada deste sábado

Foto: TATIANNE BRANDÃO


Um trabalhador morreu em uma obra da Secretaria de estado da Infraestrutura (Seinfra), enquanto outro está desaparecido. Ambos faziam reparos em uma tubulação na madrugada deste sábado (27), no bairro da Jatiúca, em Maceió. 

 

Segundo informações da Seinfra, os trabalhadores prestavam serviços ao órgão e estavam desentupindo uma galeria de esgoto. 

 

Adeilson Batista da Silva, 23 anos, trabalhava dentro do bueiro, quando foi levado pela enxurrada de água e desapareceu. Já Cícero Porto da Silva, 45, tentou salvar o colega de trabalho, mas morreu. 

 

Funcionários do Instituto Médico Legal (IML) foram acionados para recolher o corpo do trabalhador. Equipes do Corpo de Bombeiros também se deslocaram até a região. 

 

O acidente aconteceu no cruzamento das Ruas Soldado Eduardo Santos e São Francisco de Assis. A reportagem esteve no local e conversou com alguns trabalhadores. Um deles disse que só fará reparos em tubulação de forma segura. "Vamos esperar uma posição da empresa sobre o que vai ser feito. Mas, depois de hoje, eu só entro se não tiver água", comentou Cosme da Silva.

 

Outro funcionário que estava presente no momento do acidente não quis falar com a imprensa. Familiares do trabalhador que morreu na obra também não quiseram comentar nada a respeito do fato. 

 


CONFIRA, NA ÍNTEGRA, NOTA DA SEINFRA


A Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinfra) lamenta o falecimento do operário Cícero Porto da Silva, da construtora Engemat, enquanto trabalhava em uma obra de esgotamento sanitário em Maceió, na madrugada deste sábado (27). O acidente ocorreu durante o desbloqueio de um Poço de Visita (PV), na rua Soldado Eduardo dos Santos, na Jatiúca.


Outra vítima, o operário Adeilson Batista da Silva, encontra-se desaparecido. Neste momento, uma força-tarefa concentra-se nas buscas pelo trabalhador.


As causas do acidente ainda não foram identificadas. Em tempo, a Seinfra e a Engemat estão articuladas para prestar solidariedade aos familiares das vítimas e se colocam à disposição, neste momento de irreparável perda.


Informações atualizadas do caso serão emitidas, ao longo do dia, conforme o andamento das buscas pelo trabalhador desaparecido e das investigações do acidente.