Assaltantes realizam arrastão e depredam ônibus em Bebedouro

Os rodoviários ouviram, durante a ação criminosa, que protesto teria sido motivado pela morte de um traficante da região.

Foto: Ascom/SINTURB


Os rodoviários e passageiros que seguiam no ônibus da linha Rio Novo, da viação São Francisco, foram vítimas de um assalto, ocorrido na Ladeira Professor Benedito Silva, principal via de acesso ao bairro de Bebedouro. O arrastão ocorreu na tarde desta quinta-feira, 1º de fevereiro, no momento em ocorria um protesto.

 

O motorista, cuja identidade será mantida em sigilo, conta que avistou um grupo bloqueando a via com móveis e outros  objetos. Parte desse grupo teria invadido o coletivo e realizado o assalto. “Quando eu estava chegando no local do protesto, 10 a 15 pessoas invadiram a pista e começaram a colocar sofá e coisas no meio da via, depois atearam fogo nessas coisas. Eu tentei dar a ré, nessa hora, mas começaram a apedrejar o ônibus. Depois subiram no veículo e nessa hora só restou eu e o cobrador, eles levaram os nossos celulares e também todo dinheiro do caixa”, relatou.

 

De acordo com a assessoria Sinturb (Sindicato das Empresas do Transporte Urbano de Passageiros), além de atirar pedras, os criminosos ameaçaram atear fogo ao ônibus. Após o assalto, os rodoviários se deslocaram até a Central de Flagrantes, no Pinheiro, onde irão prestar queixa. A assessoria do sindicato explicou que o veículo depredado ficará aproximadamente 10 dias na garagem para conserto das janelas. Até lá a população terá que utilizar um ônibus mais antigo.

 

Os rodoviários ouviram, durante a ação criminosa, que protesto teria sido motivado pela morte de um traficante da região.