Incêndio interrompe produção da Braskem

A produção de cloro e soda está sendo compensada pela unidade da Braskem na Bahia.

Por Edilane Almeida com Gazeta de Alagoas 07/02/2018 - 10:09 hs
Foto: Divulgação


Um incêndio na subestação de energia elétrica da unidade de cloro e soda da Braskem do Pontal da Barra, em Maceió, paralisou a produção da indústria, que só deverá ser retomada no início do próximo mês. O acidente aconteceu na noite do dia 15 de janeiro e segundo a companhia não houve vítimas nem danos ao meio ambiente.



Segundo o diretor de marketing e relações institucionais da Braskem em Alagoas, Milton Pimentel Pradines Filho, os prejuízos financeiros da indústrias foram minimizados porque a produção de cloro e soda está sendo compensada pela unidade da Braskem na Bahia. Além disso, a petroquímica já tinha planejado duas paralisações anuais da produção para manutenção e reparos. “Mesmo antes do incêndio, a unidade já não operava com a carga total, porque já prevíamos a primeira paralisação do ano para o final de maio”, justificou Milton Pradines. “A outra [paralisação] está prevista para o início do segundo semestre”, informou, acrescentando que o incêndio não provocou dano físico na indústria.



O diretor de marketing esclarece que a produção de PVC feita pela unidade da Braskem em Marechal Deodoro, não foi afetada. A fábrica, inaugurada em 2012, tem capacidade para produzir 200 mil toneladas anuais de PVC, resina utilizada principalmente na construção civil. O projeto, avaliado em cerca de R$ 1 bilhão, elevou a oferta de PVC da Braskem para aproximadamente 700 mil toneladas e a capacidade nacional (que inclui a concorrente Solvay) para cerca de 1 milhão de toneladas. A demanda doméstica está em aproximadamente 1,1 milhão de toneladas anuais.



Desde que a unidade de Marechal Deodoro foi inaugurada, a Braskem, juntamente com a Eletrobras, investiu no aperfeiçoamento do sistema de abastecimento elétrico local, com a instalação de uma nova linha de transmissão. O aporte, avaliado em mais de R$ 14 milhões, garantiu uma maior estabilidade e capacidade de suprimento na região.