Atriz fala sobre personagem vítima de pedofilia e faz alerta na web

O Outro Lado do Paraíso tem provocado manifestações contrárias de psicólogos e de alguns coachs.

Foto: Divulgação/TV Globo


A atriz Bella Piero, 22, protagonizou cenas fortes no capítulo desta quinta (8) em "O Outro Lado do Paraíso", da Globo. Laura, sua personagem, finalmente descobriu que foi abusada pelo padrasto, o delegado Vinícius (Flávio Tolezani), durante uma sessão de hipnose conduzida por Adriana (Julia Dalavia).

 

"Eu era só uma menina, só uma menina", disse, aos prantos, enquanto era consolada pela advogada Adriana e por Clara (Bianca Bin).

 

Nas redes sociais, o capítulo teve grande repercussão e a hashtag #OOutroLadodoParaíso ficou em primeiro lugar nos trending topics do Twitter no Brasil.

 

"Nessa cena da Laura descobrindo o abuso sexual na infância, o choro dela me arrepiou até a alma! Que atriz da p...", escreveu uma internauta. Já outra afirmou que a cena "foi a coisa mais pesada que aconteceu nessa novela, mostrando o quanto Vinícius é um monstro".

 

Houve também quem criticasse o fato de o autor Walcyr Carrasco ter escolhido uma coach para cuidar do caso de Laura, e não um psicólogo. "Estudo psicologia há cinco anos para ver uma advogada fazer regressão na personagem com traumas sexuais. Me poupe!", postou o perfil Alter Ego Louco.

 

A novela tem provocado manifestações contrárias de psicólogos e de alguns coachs. Os conselhos, regionais e estaduais, de Psicologia acusam a Globo de prestar um desserviço.

 

No capítulo desta sexta (9), a jovem vai desmascarar o pedófilo na frente da mãe. "Tinha marcas, manchas roxas  (...) você, Vinicius, você. Eu nunca gostei de você, e sempre tentava descobrir motivos objetivos, racionais para não gostar."

 

REFLEXÃO

 

Apesar de jovem, essa não é primeira novela de Piero. A atriz fez participações especiais em "Em Família", "Zorra", e "Boogie  Oogie", além de integrar  o elenco de "Verdades  Secretas" e "A  Lei do Amor", todas da Globo.

 

Piero afirma que quer dar veracidade à história de Laura para que as pessoas possam refletir sobre o assunto.