Colégio Inês Mendes realiza projeto Literário com escritora Arriete Vilela

O evento aconteceu na tarde desta quinta-feira 27 na Barra de São Miguel

Por Edilane Almeida 28/09/2018 - 17:11 hs
Foto: Emerson Tiago/AlagoasNT


Um encontro sobre o mundo da poesia, da escrita e da publicação de livros. O projeto Literário com o tema Ler, Conhecer e Aprender a Conviver, ocorrido na tarde desta quinta-feira (27), foi marcante no colégio Inês Mendes, e contou com a presença ilustre da escritora Arriete Vilela.

 

Os estudantes tiveram a oportunidade de conhecer mais de perto o poder das letras e da palavra, em um bate-papo com a renomada escritora alagoana.

 

O mês de setembro, foi de atividades literárias e mobilizou alunos, professores e a direção da escola, com a realização das oficinas do projeto, que teve o livro Grande Baú, a Infância da escritora alagoana. Durante o evento, os alunos e alunas mostraram seus talentos, com apresentação de poesias e outras manifestações artísticas que estão ganhando cada dia mais força e empoderamento no ambiente escolar.

 

De acordo com a diretora Iraneide Nogueira, a finalidade do projeto é trazer para Barra de São Miguel uma proposta inovadora, que envolva toda a comunidade escolar, alunos, pais e professoras, para este mundo encantado que envolve a leitura.

 

 

A coordenadora Pedagógica Aline Oliveira, relatou que percebeu em seus alunos um certo desinteresse pela leitura, e com base nisso, surgiu então a ideia do projeto para despertar em seus alunos o prazer e o gosto pela leitura.

 

Segundo a professora do Ensino Fundamental II, Priscila Evaristo, as obras da escritora Arriete Vilela, são textos marcantes, introspectivos e de uma subjetividade que consegue firmar e prender a atenção do aluno.

 

Adriana Jardim, mãe de uma das alunas do Colégio Inês Mendes, contou da mobilização familiar que o projeto levou para dentro de casa, onde todos cooperaram para ajudar a filha.

 

A escritora Arriete Vilela, grande homenageada da tarde, expressou da alegria de ser homenageada pelo colégio, e aconselhou as demais escolas à seguir o exemplo do Colégio Inês Mendes, e utilizar projetos como este, para incentivar em seus alunos o gosto pela leitura.