Secretário Edivaldo Varejão assume nova secretaria em Teotônio Vilela

As mudanças envolvem as Secretarias de Cultura, Comunicação, Educação, Indústria e Comércio, o CTPM e o SAAE.

Foto: Divulgação


O prefeito do Município de Teotônio Vilela, Joãozinho Pereira, anunciou hoje (07), mudanças na organização do secretariado municipal, nas palavras do gestor: “uma minirreforma para otimizar a eficiência da gestão municipal”.

 

As mudanças envolvem as Secretarias de Cultura, Comunicação, Educação, Indústria e Comércio, o CTPM e o SAAE.

 

Com experiência na Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Turismo e tendo acumulado também a experiência de gerir a Secom, absorvendo as duas pastas, o Secretário Edivaldo Varejão Bezerra da Costa, passa a administrar o Serviço Autônomo de Água e Esgoto – SAAE.

 

Com total apoio, Varejão usará a experiência e a carta branca do gestor para dar uma nova cara ao SAAE, no sentido de melhorar o abastecimento de água no município. Aplicando novas tecnologias para monitoramento, fiscalização e avaliação dos serviços, será realizado também o recadastramento de todos os consumidores para promover um plano de eficiência para que os usuários possam sair da inadimplência, que já se somam mais de 3 milhões de reais, e assim não venham prejudicar, nem onerar os clientes que estão em dias com o órgão de abastecimento.

 

Com a saída de Varejão para o SAAE, assume a pasta da Indústria, Comércio e Turismo a Agente de Desenvolvimento Eliane Maria Silva de Almeida.

 

A Secretaria de Cultura passa a reintegrar a organização da Secretaria Municipal de Educação, que passará a ser Secretaria Municipal de Educação e Cultura, com a Gestão da Secretária Noêmia Maria Barroso Pereira.

 

A Secretaria Municipal de Comunicação e Eventos – SECOM será gerida pela então Secretária de Cultura, formada em jornalismo, Marcela Vilela.

 

Com a chegada do SEST/SENAT no município, fruto dos esforços conjuntos da gestão municipal, para a qualificação dos Vilelenses, o CTPM passa a ser extinto em 2019 e os profissionais serão realocados para outras unidades de Ensino. O SEST oferece em sua grande mais de 600 cursos de qualificação profissional o que atende a demanda do município e da região.

 

“Trabalhamos sempre para um modelo de gestão que tenha uma estrutura mais enxuta, onde os trabalhos fluam com maior agilidade e eficiência, otimizando recursos e beneficiando servidores e a população Vilelense”, afirmou Joãozinho Pereira.