Sampaoli vê placar 'difícil de explicar' e fala em levantar elenco

Técnico elogia contra-ataque adversário e vê um Ituano com sorte. Apesar do resultado, difícil de explicar, o trabalho continuará.

Foto: © Ivan Storti/Santos FC


Jorge Sampaoli conheceu a primeira derrota no comando do Santos de forma dura: o treinador viu sua equipe ser goleada por 5 a 1 pelo Ituano neste domingo (3), e perder o 100% de aproveitamento no Campeonato Paulista. Apesar do resultado, difícil de explicar para o argentino, o trabalho continuará.

 

Pelo menos este foi o tom da conversa com a imprensa após o duelo. O técnico elogiou o contra-ataque adversário, viu um Ituano com sorte, mas já pensa em recuperar o astral da equipe depois do choque sofrido no Novelli Júnior.

 

"A gente teve 78% de posse, mas o rival teve 22% e fez cinco gols. Então às vezes a posse não dá o resultado que você precisa. A gente sofreu cinco, seis chutes e tomamos cinco gols. É difícil de explicar. Eu preciso pedir desculpas, nosso objetivo era fazer um bom jogo. A gente teve dificuldade, o rival se aproveitou no contra-ataque, e eles nos machucaram de uma forma dura", disse.

 

"Derrotas acontecem no futebol, faz parte. A gente tem que se levantar rapidamente. Não temos que buscar uma justificativa que não seja na parte futebolística", acrescentou.

 

Questionado sobre o estilo de jogo, se pretende fazer alguma mudança radical para a estreia na Copa do Brasil, na próxima quarta-feira (6), Sampaoli afirmou que seguirá o trabalho da mesma maneira: propondo um estilo de jogo ofensivo, que priorize a bola.

 

"O trabalho continua da mesma forma, com as mesmas intenções. Creio que em todos jogos que o Santos fez foi dominante, como este inclusive. Hoje a gente não teve a certeza de outros jogos e pecamos pelos golpes que o rival nos deu. Mas continuo confiante neste grupo, adaptando para eles entenderem a ideia (de jogo). Espero que quarta consigamos voltar para onde já estivemos", completou.

 

O Peixe faz uma pausa na competição estadual para enfrentar o Altos na próxima quarta-feira (6) no Piauí. O confronto irá acontecer às 19h15 (de Brasília).