São Paulo vence Palmeiras nos pênaltis e está na final do Paulista

Dois gols, um de cada equipe, foram anulados após o juiz Flávio Rodrigues de Souza consultar o VAR

Foto: Reprodução/Premiere


O São Paulo venceu o Palmeiras nos pênaltis na tarde deste domingo (7) e é o primeiro finalista do Campeonato Paulista.

 

É a primeira vez que o clube chega à decisão do Estadual desde 2003, quando foi vice-campeão. O time venceu o torneio em 2005, mas, à época, o campeonato era por pontos corridos.

 

Durante a partida, que repetiu o mesmo placar de 0 a 0 do primeiro jogo da semifinal, houve equilíbrio. No primeiro tempo o Palmeiras ficou mais com a bola e produziu mais, mas o São Paulo voltou melhor na segunda etapa. Houve dois gols, um de cada equipe, anulados após o juiz Flávio Rodrigues de Souza consultar os árbitros que operam o VAR: um de Liziero, do São Paulo, e um de Deyverson, do Palmeiras.

 

Na cobranças de pênaltis, o protagonista foi o goleiro do São Paulo, Thiago Volpi. Ele defendeu as cobranças de Ricardo Goulart e Zé Rafael, além de perder a sua.

 

O São Paulo agora aguarda Corinthians ou Santos na decisão. As duas equipes se enfrentam amanhã, às 20h, no Pacaembu. O primeiro jogo foi 2 a 1 para a equipe da capital.

 

PALMEIRAS

 

Fernando Prass; Mayke, Luan, Gustavo Gómez e Victor Luis (Diogo Barbosa); Felipe Melo, Bruno Henrique, Ricardo Goulart; Gustavo Scarpa (Zé Rafael), Dudu e Deyverson.

 

T.: Luiz Felipe Scolari.

 

SÃO PAULO

 

Tiago Volpi; Hudson; Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo (Léo); Luan, Liziero e Igor Gomes (Nenê); Antony, Everton (Gonzalo Carneiro) e Everton Felipe.

 

T.: Cuca.

 

Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza

 

Assistentes: Marcelo Carvalho van Gasse e Alex Ang Ribeiro

 

Cartões amarelos: Gustavo Gómez (Palmeiras); Everton, Hudson e Reinaldo (São Paulo).