Ex-marido de Britney Spears quer pedir a guarda total dos filhos, diz site

Segundo o Daily Mail, Kevin Federline, acredita que ninguém pode cuidar deles atualmente

Foto: Reprodução/ instagram


Britney Spears enfrenta nova polêmica envolvendo sua família. Segundo o Daily Mail, Kevin Federline, seu ex-marido, pretende retirar o nome de Jamie Spears, pai da cantora, como um dos tutores legais de seus filhos, Sean, de 13 anos, e Jayden, de 12, alegando que ele os teria agredido em meados de agosto.

 

Desde 2007, quando Britney Spears teve um colapso nervoso, Jamie Spears se tornou seu tutor legal, ficando responsável inclusive pelos filhos que ela tem com o rapper. Segundo o site TMZ, uma fonte próxima de Kevin teria dito que "Ele está seguro em pedir a guarda dos filhos por uma razão muito específica: Ninguém pode cuidar deles agora".

 

Vale lembrar que propriamente em agosto, Jamie Spears teria tentado expandir seu poder sobre Britney e seus bens após registrar em cartório a intenção da tutela total em mais nove estados norte americanos: Alabama, Arizona, Distrito de Columbia, Geórgia, Massachusetts, Michigan, Mississippi, Tennessee e Virgínia.

 

Na papelada, a equipe de Britney declara que "pretende registrar as Ordens indicando o Sr. Spears como Conservador da Pessoa e do Patrimônio, bem como suas Cartas de Conservação, com estados fora da Califórnia, de acordo com cada um dos procedimentos exigidos pelos estados".

 

Isso significa que outra pessoa seria proibida de registrar sua própria tutela nesses estados e obter o controle das finanças, da carreira e dos filhos de Britney.

 

Segundo o TMZ, uma outra fonte próxima do caso revelou que "Jamie quer afastar as pessoas, principalmente o ex-agente da cantora, Sam Lufti, e sua mãe, Lynne Spears, além de evitar que eles tentem pedir uma tutela em outros estados e fiquem no comando das finanças da cantora novamente".