No sufoco CSA bate a Chape por 2 a 0, no Rei Pelé

Azulão teve dois gols anulados e desperdiçou um pênalti; esta foi a terceira vitória do time marujo na Série A e agora ele é o 18º na tabela

Foto: Divulgação


Se não for no sufoco não é CSA! Em um jogo que teve de tudo: dois gols anulados, duas expulsões e dois pênaltis desperdiçados (um para cada lado), o CSA venceu a Chapecoense, por 2 a 0, na noite deste domingo (8), no Estádio Rei Pelé, em partida que fechou a 18ª rodada do Brasileirão, e subiu uma posição, saindo da vice-lanterna na tabela de classificação.

 

O Azulão teve dois gols anulados no primeiro tempo e, achando pouco, ainda perdeu a chance de fazer o gol numa cobrança de pênalti malfeita de Alecsandro. Mas foi o próprio Alecsandro que abriu o placar para os azulinos, aos 40 minutos do 1º tempo. Na etapa final, o CSA marcou com o argentino Jonatan Gómez, já nos acréscimos. 

 

No segundo tempo, a Chape teve dois jogadores expulsos: Márcio Araújo e Gum. A Chape também perdeu um pênalti, pois Everaldo cobrou e Jordi fez uma grande defesa.

 

A vitória azulina desta noite se deu um dia após o CSA comemorar 106 anos de fundação, nesse sábado (dia 7 de setembro), e valeu como um grande presente de aniversário para todos no Azulão. 

 

Com esta vitória, a terceira na competição, o CSA pula para a 18ª posição, deixando a vice-lanterna, mas ainda no Z4, com 15 pontos. É o mesmo número de pontos do Fluminense, o 17º colocado, mas o Tricolor tem uma vitória a mais do que o Azulão: são quatro contra três. Já a Chape desce para a 19ª colocação, com 14 pontos. 

 

Na próxima rodada, o CSA vai até São Paulo, encarar o São Paulo, no domingo (dia 15), às 19 horas, no Morumbi. Já a Chape vai receber o Vasco, um dia antes, no sábado (14), na Arena Condá, também às 19 horas.