Segundo suspeito de matar suplente de vereador de Arapiraca é preso em SP

Cléber José estava escondido em Praia Grande, região metropolitana da Baixada Santista

Foto: Divulgação


Foi preso, na manhã desta quarta-feira (18), o segundo suspeito de matar o professor e suplente de vereador Vandiele da Silva Araújo Rocha. Cléber José de Souza Braga Júnior estava foragido desde o dia do crime, em 30 de agosto deste ano. A prisão foi realizada no estado de São Paulo, após cumprimento de mandado judicial.

 

Segundo a polícia, Cléber estava escondido em Praia Grande, Região Metropolitana da Baixada Santista, estado de São Paulo. 

 

A prisão foi coordenada pelo Delegado Everton Gonçalves de Souza, da 4ª DRP de Arapiraca, através do NI - Núcleo de Inteligência, com apoio do delegado Luiz Ricardo de Lara Dias Júnior, titular da Delegacia de Investigações Gerais de Santos/SP. 

 

O outro suspeito, Wallaph Magno Almeida de Souza, entregou-se à polícia dias depois do homicídio. Segundo informações do delegado Everton Gonçalves, Wallaph estava em um sítio na zona rural de Arapiraca. 

 

Relembre o caso

 

O professor e suplente de vereador de Arapiraca, Vandiele da Silva Araújo Rocha, de 41 anos, foi encontrado morto com sinais de luta corporal e várias marcas de facadas, dentro de uma residência situada no bairro São Luiz, no dia 30 de agosto. O veículo da vítima - um carro modelo Up de cor branca e placa QLA-4817 teria sido levado pelos suspeitos de cometerem o crime. 

 

O corpo teria sido encontrado por um amigo da família, que dormiu na mesma casa de Vandiele, após os dois terem participado de um evento na noite anterior ao homicídio. Antes de seguirem para a residência, os dois pararam em um bar e, em seguida, em um posto de combustíveis para comprar mais bebidas. Lá, conheceram dois jovens que foram com eles para casa. 

 

Por sua vez, o amigo teria contado à polícia que foi dormir e deixou Vandiele conversando com a dupla. Ao acordar, ele encontrou o corpo e notou que o carro não estava mais na residência.