Jovens de AL que criaram telha sustentável participam do Caldeirão do Huck

Estudantes estiveram no Rio de Janeiro e puderam conhecer o apresentador Luciano Huck pessoalmente

Por Gazetaweb | www.alagoasnt.com.br 27/11/2019 - 14:36 hs
Foto: Divulgação


Os alunos da Escola Sesi Cambona que criaram telha feita com casca de sururu e garrafas pet recicladas - a Ecosururu -, tiveram a chance de conhecer pessoalmente, no Rio de Janeiro, o apresentador Luciano Huck, que comanda o Caldeirão do Huck, na TV Globo. Os jovens tinham aparecido em uma reportagem exibida pelo programa.

 

Cursando o 3º ano na unidade escolar da Rede Sesi de Alagoas, Gabriel Gomes e Mirelle Celiane consideraram a experiência como algo marcante. 

 

"Foi incrível, eu fico sem palavras. Agradeço à escola por ter dado essa oportunidade para a gente. Essa é uma lembrança que eu vou guardar para a minha vida inteira", afirmou. 

 

Vivências como esta, proporcionadas pelas escolas da Rede Sesi/Senai, estimulam sonhos e abrem horizontes para os alunos, revela a diretora de Educação e Tecnologia do Sesi e Senai, Cristina Suruagy. Ela acompanhou os estudantes às gravações, juntamente com a diretora da Escola Sesi Cambona, Alessandra Damacena, e a professora Paula Renata, de Geografia, que orientou o projeto Ecosururu. 

 

Os exemplos de alunos como Mirelle e Gabriel, diz Cristina, "contaminam" os demais estudantes. "Eles não querem mais a mesma coisa, a mesma vida, estão buscando sonhos maiores, novos anseios. Eles estão no 3º ano do Ensino Médio, concluindo a etapa conosco na escola, deixando saudade e muitos exemplos, mas, tenho certeza de que vão buscar uma etapa de vida superior, tecnológica, algo maior", acrescenta.

 

Após a gravação, Gabriel Gomes afirmou que os momentos que presenciou na tarde da terça-feira (26), vão marcá-los pelo resto da vida. "Não são todas as pessoas que têm essa oportunidade e a escola ter dado essa chance para a gente foi incrível", disse. O programa deve ir ao ar no último sábado do ano.