Alagoano Firmino garante vitória do Liverpool contra o Flamengo

Clube inglês ganha seu primeiro título mundial

Por Noah Alina 21/12/2019 - 20:20 hs
Foto: Giuseppe Cacace/AFP


Na tarde deste sábado (21) o Liverpool venceu o Flamengo por 1 a 0, conquistando pela primeira vez o título do Mundial de Clubes da Fifa. A vitória da partida aconteceu no estádio Khalifa International, em Doha (Catar), e foi obtida na prorrogação graças ao gol do atacante brasileiro Firmino, após o empate sem gols nos 90 minutos iniciais.

 

Com essa conquista, o Liverpool devolve a derrota de dezembro de 1981, quando a taça ficou com o Flamengo, que comandado por Zico, venceu por 3 a 0 no estádio Nacional de Tóquio.

 

Em Doha o primeiro tempo foi bem equilibrado. O Flamengo possuiu uma maior posse de bola, mas o Liverpool por sua vez criou algumas boas chances, principalmente nos minutos iniciais.

 

O time inglês começou bem, aos 40 segundos o alagoano Roberto Firmino recebeu um lançamento de Alexander-Arnold e acabou ficando de cara a cara com o goleiro Diego Alves, porém por pressão recebida por Rodrigo Caio o atacante acabou tendo o chute desviado.

 

Com 4 minutos de jogo, o Liverpool teve novamente uma oportunidade de marcar. O egípcio Salah recebeu na esquerda e tocou para Keita, que chegou chutando, porém errando.

 

Após dois minutos, Alexander-Arnold fez um chute de fora da área lateral, mas por pouco a bola vai pra fora.

 

Após esses primeiros minutos de ataque, o jogo acabou diminuindo de ritmo, as duas equipes não se arriscaram tanto, mantiveram a linha de defesa baixa e tentaram abrir espaços em trocas de passes.

 

Aos 23 minutos o Flamengo finalmente teve uma grande chance. O goleiro brasileiro Alisson errou a saída de bola, Willian Arão recuperou a bola e tocou para Bruno Henrique, que teve a bola tomada pelo holandês Van Dijk.

 

Com 26 minutos de partida Bruno Henrique teve uma nova chance, ele recebeu um lançamento nas costas do lateral Alexander-Arnold e avançou. Mas na hora teve seu chute bloqueado pelo zagueiro Joe Gomez.

 

A partir desse passe o Flamengo passou a ter mais posse de bola através das jogadas pela esquerda com Bruno Henrique

 

Aos 31 minutos o time comandado pelo técnico português Jorge Jesus chegou muito bem com o Gabriel Barbosa, Arrascaeta e Bruno Henrique, mas na hora de finalizar o camisa 9 chutou mal.

 

Após um minuto o Flamengo teve uma nova chance, agora com cabeceada do Bruno Henrique após cruzamento feito por Rafinha, porém a defesa do Liverpool conseguiu cortar.

 

O Liverpool passou a aumentar a intensidade do jogo. Aos 37 o time inglês teve a oportunidade de criar uma boa jogada. Salah puxou um rápido contra-ataque após erro de passe de Everton Ribeiro, mas o egípcio errou ao tentar inverter a bola.

 

O jogo chegou ao intervalo sem nenhuma mudança no placar, mas com um grande equilíbrio na posse de bola (58% a 42% para o Flamengo) e no número de chances ao gol (6 a 3 para a equipe brasileira).

 

Não houve gols no segundo tempo. Com 1 minuto dessa etapa final Firmino quase marcou. O camisa 9 recebeu um lançamento do Henderson, se livrou do Rodrigo e chutou para Diego Alves, mas a bola, caprichosamente, explodiu na trave.

 

Aos 7 minutos foi a vez do Flamengo que chegou com perigo. Arrascaeta recebeu na entrada da área, se livrou da marcação e tocou para Gabriel Barbosa, que chegou finalizando.

 

Um minuto depois o camisa 9 chegou de novo com perigo, mas o goleiro Alisson fez uma bela defesa.

 

A partida melhora muito no início do segundo tempo. O Flamengo voltou a criar uma bela chance aos 21 minutos de jogo, quando Arrascaeta deu um passe para Gabriel Barbosa, que chutou da pequena área. Mas o holandês Van Dijk conseguiu cortar a finalização.

 

Três minutos depois Gabriel Barbosa finalizou de bicicleta após cruzamento de Bruno Henrique. Mas Alisson ficou com a bola.

 

O time inglês começou a avançar pela ponta esquerda, aproveitando espaços dados pelo lateral Rafinha. Em uma destas jogadas, aos 35 minutos, Mané tocou para Firmino e o brasileiro cruzou para Alexander-Arnold, que chuta para defesa de Diego Alves.

 

Cinco minutos mais tarde o Liverpool teve outra boa oportunidade após a boa jogada de Mané e Salah, o egípcio toca para Henderson, que bate forte da área. Mas o goleiro Diego Alves fez uma bela defesa.

 

Com 45 minutos aconteceu um lance polêmico, quando o juiz Al Jassim Abdulrahman, do Catar, marcou um pênalti do lateral Rafinha em cima de Mané na entrada da área. Mas, com o auxílio do árbitro de vídeo ele cancelou a marcação.

 

Com o jogo ainda empatado nos 90 minutos, a partida foi para a prorrogação. Desde o primeiro minuto o Flamengo deu sinais de queda em aspecto físico. Isto ficou mais evidente aos 8 minutos, quando Mané tocou para Firmino, que se livrou da marcação e faz o primeiro gol da partida.

 

Dois minutos depois Salah quase marcou o segundo. Ele acertou um belo chute da entrada da área, mas Diego Alves fez uma bela defesa.

 

A partir de então o time inglês segurou o flamengo até o fim da partida, ganhando seu primeiro título mundial.