Terapeuta tântrica dá dicas para o autoconhecimento do corpo através do vibrador

A terapeuta tântrica Beatriz Rios conta que o vibrador pode ser usado de muitas formas

Por Noah Alina 24/02/2020 - 22:27 hs
Foto: Reprodução


Cercado de tabu, o vibrador é um aliado da mulher, principalmente como ferramenta para o autoconhecimento, ajudando a descobrir o seu prazer e seus pontos erógenos.

 

A terapeuta tântrica Beatriz Rios conta que o vibrador pode ser usado de muitas formas, todas com o intuito de promover o autoconhecimento: “Incluir o vibrador na rotina sexual ajuda a estimular a região íntima, fazendo com que os orgasmos aconteçam com mais facilidade. Fora da intimidade do casal, a sós, pode ser algo simples e extremamente prazeroso. Tudo isto faz com que a mulher se conheça melhor e desfrute mais do prazer”.

 

 

Confira as dicas de Beatriz Rios para usar o vibrador como ferramenta para orgasmos mais intensos e autoconhecimento:

 

No clitóris: o vibrador pode ser usado externamente, próximo ou em cima do clitóris, para estimulá-lo. Contudo, é muito importante que você vá com calma, numa vibração em menor intensidade, já que a região é muito sensível.

 

Na vagina: As vibrações e pulsações estimulam as zonas erógenas internas da vagina, excitam e melhoram a lubrificação vaginal e o fluxo sanguíneo.

 

No períneo:  Usar o vibrador nessa área pode ser uma boa estimulação para quem ainda não tentou a penetração anal. O prazer vem pelo aumento da circulação sanguínea que a vibração proporciona.

 

No ânus:  é necessário ter muito mais cuidado, já que nem todos os aparelhos foram feitos para esse tipo de estimulação. Mas sabendo usar e encontrando o modelo certo, pode ser um começo para se aventurar posteriormente a arriscar a penetração anal com o parceiro.