Seis vítimas de violência sexual foram atendidas durante o carnaval em Maceió

O balanço tem como base as entradas realizadas a partir da noite de sexta-feira (21) até as primeiras horas de quarta-feira (26)

Por Alagoas 24 horas 27/02/2020 - 18:19 hs
Foto: Reprodução


Seis vítimas de violência sexual deram entrada no Hospital da Mulher Dra. Nise da Silveira, em Maceió, durante o carnaval. O balanço tem como base as entradas realizadas a partir da noite de sexta-feira (21) até as primeiras horas de quarta-feira (26).

 

O carnaval de 2020 foi violento para as mulheres alagoanas. Dados oficiais evidenciaram que a Polícia Militar de Alagoas (PM/AL) atendeu 141 ocorrências de violência contra a mulher. Em 2019, no mesmo período, foram 111. O aumento é de 27%.

 

No último dia 22, o número de estupros registrados em Alagoas cresceu 26,5% de janeiro a outubro de 2019, na comparação com o mesmo período do ano anterior, segundo levantamento divulgado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP). 

 

De acordo com os dados, nos dez primeiros meses do ano passado, foram registradas 525 ocorrências, contra 415 registradas no mesmo período de 2018. No ano passado, a taxa de estupro em Alagoas foi de 15,80 casos por 100 mil habitantes.

 

Os dados do Ministério da Justiça mostram ainda que julho de 2019 foi o mês com maior ocorrência, com 75 casos. Em seguida aparecem maio, com 70 casos; abril (64) e fevereiro (61). No comparativo entre os meses, apenas setembro e outubro de 2019 registraram um número menor de ocorrências na comparação com iguais meses de 2018. Em setembro de 2019, foram 15 estupros, contra 30 em setembro de 2018. Já em outubro de 2019 foram 15, contra 22 ocorridos em outubro de 2018.