Mais de 290 mil veículos estão com IPVA atrasado em Alagoas

Inadiplência Alcançou 8,23% em 2017 e,este ano o governo decidiu ampliar programa de recuperação fiscal na tentativa de reverter o calote

Foto: Felipe Brasil


Márcia Ferreira, empreendedora em Limoeiro de Anadia, e Shirley Nascimento, servidora pública em Maceió, preparam-se para aproveitar o desconto de até 10% no pagamento da cota única do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). Mesmo assim, consideram elevado o valor do imposto.


“Pago pouco, R$ 350, mas o valor pesa no orçamento”, explica Márcia, que é revendedora de uma marca de depósitos plásticos para alimentos. “A gente se programa o ano todo para pagar esse imposto”, diz, referindo-se ao automóvel modelo 2003. “Pelo ano do carro, deveria pagar bem menos”, opina.


A empreendedora cuja clientela vive em Arapiraca é um dos 789.472 proprietários de veículos em Alagoas. Os R$ 350 que desembolsou em 2017 contribuíram para que a Secretaria da Fazenda (Sefaz) arrecadasse R$ 281.617.959,10 com IPVA em 2017. O montante é 5,86% inferior aos 299.134.605,52 coletados em 2016.


Até dezembro de 2017, a base de dados da Sefaz, que reflete os registros do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), contabilizava 789.472 veículos, sendo 340.357 carros de passeio. A servidora estadual Shirley Nascimento, proprietária de um veículo modelo 2013, vai ter que pagar R$ 608,77 de IPVA. 


“Se pagar antes do vencimento, o valor com desconto será de R$ 547,90”, explicou. “Sempre paguei parcelado, mas vou tentar pagar à vista”, reforçou a servidora. O “peso” no orçamento familiar talvez explique por que 293.691 (37,18%) dos proprietários não estão com licenciamento obrigatório em dia junto ao Detran.